segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Água




Imagem 1:

Descrição da image:




Elementos da imagem: Água e Planeta Terra


A imagem possui a água respingando como se o planeta terra como se ele estivesse caindo nela.




Vamos pensar em trabalhar o tema água. Pouco criativo não é ? Todos já abordaram o tema água. Mas peço-lhes que reflitam sobre esse tema em cima dos sete saberes que Edgar Morin estabelece como "para a educação do futuro".




_________________________________________________







1) É necessário introduzir e desenvolver na educação o estudo das características cerebrais, mentais, culturais dos conhecimentos humanos, de seus processos e modalidades, das disposições
tanto psíquicas quanto culturais que o conduzem ao erro ou à ilusão.





2) É necessário desenvolver a aptidão natural do espírito humano para situar todas essas informações em um contexto e um conjunto. É preciso ensinar os métodos que permitam estabelecer as relações mútuas e as influências recíprocas entre as partes e o todo em um mundo complexo.




3) O ser humano é a um só tempo físico, biológico, psíquico, cultural, social, histórico. Esta unidade complexa da natureza humana é totalmente desintegrada na educação por meio das disciplinas, tendo-se tornado impossível aprender o que significa ser humano. É preciso restaurá-la, de modo que cada um, onde quer que se encontre, tome conhecimento e consciência,
ao mesmo tempo, de sua identidade complexa e desua identidade comum a todos os outros humanos.




4) Será preciso indicar o complexo de crise planetária que marca o século XX, mostrando que todos os seres humanos, confrontados de agora em diante aos mesmos problemas de vida e de morte, partilham um destino comum.




5) Seria preciso ensinar princípios de estratégia que permitiriam enfrentar os imprevistos, o inesperado e a incerteza, e modificar seu desenvolvimento, em virtude das informações adquiridas ao longo do tempo. É preciso aprender a navegar em um oceano de incertezas em meio a arquipélagos de certeza.




6) A compreensão é a um só tempo meio e fim da comunicação humana. Entretanto, a educação para a compreensão está ausente do ensino. O planeta necessita, em todos os sentidos, de compreensão mútua. Considerando a importância da educação para a compreensão, em todos os níveis educativos e em todas as idades, o desenvolvimento da compreensão pede a reforma das mentalidades. Esta deve ser a obra para a educação do futuro.


7) A educação deve conduzir à “antropo-ética”, levando em conta o caráter ternário da condição humana, que é ser ao mesmo tempo indivíduo/sociedade/espécie. Nesse sentido, a ética indivíduo/espécie necessita do controle mútuo da sociedade pelo indivíduo e do indivíduo pela sociedade, ou seja, a democracia; a ética indivíduo/espécie convoca, ao século XXI, a cidadania terrestre.



As reflexões são muito mais profundas do que o colocado nesse espaço, mas esse resumo consegue estruturar nosso pensamento.

___________________________________________________


Ao tratar o simples tema "Água", uma vez que vivemos no planeta água, é importante trabalhar aspectos sociais da água.


Alguma dúvida?

Imagem 2:


Descrição da Imagem:
Dois garotos negros na beira de um rio (rio Niger). Na imagem está presente muita sujeira e mals tratos com o rio.
Legenda da imagem: As águas do delta do rio Niger são usadas para defecar, tomar banho, pescar e despejar o lixo.
Alguma relação com lugares pertos da nossa casa? Começemos pela Baía de Guanabara?
Dessa forma podemos ver o aspecto social existente nesse pequeno tema de 4 letras.
Podemos trabalhar aspectos químicos, sem deixar de dar importancia à parte ética, moral, e de sobrevivência do planeta e no planeta.
Esse é um tema riquíssimo para se trabalhar bio-quimico-fisico-psicologico-social-político-filosófico. Entre muitos outros...
Por fim, água é vida!
E não podemos esquecer que um pequeno tema têm milhoes de abordagens.
obs: Toda a descrição de imagens está sendo feita a partir dessa postagem. Caso algum deficiente visual esteja visitando esse blog através do sistema DOSVOX estarei tentando minimizar a exclusão existente na inclusão.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Rosa de Hiroshima



Pensem nas crianças


Mudas telepáticas


Pensem nas meninas


Cegas inexatas


Pensem nas mulheres


Rotas alteradas


Pensem nas feridas


Como rosas cálidas


Mas oh não se esqueçam


Da rosa da rosa


Da rosa de Hiroshima


A rosa hereditária


A rosa radioativa


Estúpida e inválida


A rosa com cirrose


A anti-rosa atômica


Sem cor sem perfume


Sem rosa sem nada






Vinicius de Moraes








E como cita Edgar Morin





Trata-se, enfim, de demonstrar que, em toda grande obra, de literatura, de cinema, de poesia, de música, de pintura, de escultura, há um pensamento profundo sobre a condição humana.




A Cabeça Bem Feita (página 45 da oitava edição)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Curiosidades da química...


Quando decidi iniciar esse blog procurei alguns livros interessantes sobre química no cotidiano, curiosidades e outras indagações científicas.
Um livro chamado “As vacas descem escadas?”, é sobre algumas perguntas curiosas do meio científico. O autor do livro é Paul Heiney. Não considerei um livro maravilhoso que me fez deixar de fazer tudo para ler, mas é um livro que apresenta uma gama de respostas de perguntas das mais diversas áreas.
Portanto irei citar duas que falam da química.

Por que não é possível derreter madeira?


O líquido é uma coleção de moléculas moveis – em outras palavras, suas moléculas se movem com facilidade. A madeira é feita de pedaços de celulose, que consiste em cadeias de polímeros muito longas. Pois bem, longas cadeias de qualquer coisa não podem se mover com facilidade. Além disso, há conexões de hidrogênio entre os grupos hidroxílicos dos polímeros que mantêm tudo unido. Assim sendo, teríamos que utilizar tanta energia para romper essas ligações que, antes de derreter, a madeira iria se decompor e não seria mais madeira.

O que produz etileno? É a casca da banana em si? E por que a fruta muda do verde para o amarelo brilhante?


O etileno – também chamado de etano – é um hormônio que faz a fruta amadurecer e está presente na fruta inteira, não só na casca. Ele é produzido em cada uma das células da banana em que os lipídeos da membrana são oxidados para produzir ácidos graxos insaturados.
Quando à mudança de cor: quando o etileno é produzido provoca o rompimento das fibras da fruta, tornando-a macia. Ele também causa a quebra do amido para produzir açúcares, tornando a fruta doce, assim como promove a quebra da clorofila, fazendo a cor verde desaparecer. Os pigmentos que fazem a banana madura ser amarela também estão presentes na fruta verde, só que escondidos pela clorofila até que a quebra comece a acontecer.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Coca + Mentos + Luftal

Essa postagem vai para o meu amigo Bernardo Deza, que me mandou esse video pedindo uma explicação.



Ele mostra umas crianças fazendo a experiência da Coca + Mentos que foi postada nesse blog há um tempo atrás.

Para destacar uma explicaçao plausível vamos ver o que foi postado

Em agosto de 2008 foi publicada uma matéria para o site da sbq-rio que explica esse fenômeno de uma força bem acessível.

"O efeito não se deve diretamente ao tipo da bala Mentos (frutal ou mentolada), nem tão pouco a cafeína do refrigerante ou ao pH do meio, como em princípio foi suposto. O fenômeno é devido à presença da goma arábica presente na bala Mentos. Este surfactante, presente na camada externa da bala, diminui a tensão superficial do meio acarretando a liberação rápida do CO2 da garrafa. A saída rápida de gás resulta num jorro forte e contínuo. Esse efeito é potencializado pelo aspartame e pelo benzoato de potássio, presentes no refrigerante, que contribuem para diminuir a tensão superficial do meio facilitando a formação de bolhas."


surfactante-é um composto caracterizado pela capacidade de alterar as propriedades superficiais e interfaciais de um líquido.


Os fabricantes de Luftal informam em sua bula.

LUFTAL - AÇÃO

LUFTAL- atua no estômago e no intestino, diminuindo a tensão superficial dos líquidos digestivos, levando ao rompimento as bolhas que retêm os gases. Uma vez livres os gases são facilmente eliminados por eructações ou flatos.


Apenas com essas informações chegamos a uns dados

Pela bula- sobre o luftal atua no estômago e no intestino, diminuindo a tensão superficial dos líquidos digestivos, levando ao rompimento as bolhas que retêm os gases.


Pelo artigo- sobre o Mentos diminui a tensão superficial do meio acarretando a liberação rápida do CO2 da garrafa. A saída rápida de gás resulta num jorro forte e contínuo. Esse efeito é potencializado pelo aspartame e pelo benzoato de potássio, presentes no refrigerante, que contribuem para diminuir a tensão superficial do meio facilitando a formação de bolhas.


Os dois Diminuem a tensão superficial do gás deixando bolhas livres

só que há um tempo entre os garotos colocarem o luftal e o mentos

Se ambos irão diminuir a tensao superficial, podemos pensar que o luftal libera os gases muito rápidamente, assim o mentos, diminuirá mais a tensao superficial, mas nao conseguirá ter o efeito obtido na primeira parte do vídeo, ja que a tensao superficial inicial é diferente.

Otimas teorias sao formuladas sobre esse efeito, e é tolice acreditar que só porque foi publicada uma teoria é verdade absoluta (Não há verdades absolutas)

Essa é uma hipótese dada por um simples aluno da graduaçao que gosta de ciencia, mas gostaria de que confrontassem com muitas outras hipoteses para conseguirmos chegar a um ponto mais próximo do que realmente está acontecendo.

abraços a todos

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Burlando o bafometro...


Recebi este e-mail e gostaria de postar, sem a preocupaçao de estar divulgando uma atitude errada no aspecto moral. Gostaria primeiramente de defender a Lei Seca que impõe limites autoritários para a populaçao, uma vez que é muito mais facil impor uma mudança do que construi-la através de uma reforma educacional. (Ironias a parte, eu realmente defendo a lei seca)

Mas o e-mail recebido foi esse.



No Brasil, tudo tem jeito... a conferir !!!

NÃO DEMOROU MUITO PARA INVENTAREM UMA TRETA,
BRASILEIRO NÃO TEM JEITO MESMO...

Adeus Bafômetro!

VINAGRE

O bafômetro não mede o nível de álcool e sim, a presença de cetona,
que é o efeito da queima de gordura. Como o álcool diminui o açúcar no
sangue, o corpo passa a queimar gordura e, como conseqüência, o hálito
começa a apresentar corpos cetônicos.

Um detalhe: um dos motivos para serem necessários vários níveis de
tolerância é que as pessoas em dieta de Atkins , ou em jejum, também
apresentam corpos cetônicos no hálito, pela ausência de carboidratos
causada pela dieta e conseqüente queima de gordura.

A mutreta do bafo é a seguinte: leve sempre no carro um vidrinho de
vinagre, e, a qualquer sinal de blitz, tome um gole, porque o ácido
acético (denominação química do vinagre) reage com a cetona, dando
como resultado o acetato, que é indetectável no bafômetro.


Gostaria da opinião das pessoas sobre a veracidade das informações.

Sendo verdade é importante a divulgaçao da notícia para que orgãos do governo e químicos responsáveis desenvolvam um equipamento mais sofisticado que irá detectar também a presença de acetato. Sendo mentiraa conclusão que chegamos é que para leigos um vocabulário mais rebuscado confunde mesmo. Será que algum malandro ja se deu mal?

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

EU ODEIO QUÍMICA!!!




Vamos fazer um levantamento de depoimentos

Se você odeia química faça um comentário aqui.

Diga as experiências, vivencias, situações, professores, ou matérias que fizeram você odiar de química.

EU AMO QUÍMICA!!!


Vamos fazer um levantamento de depoimentos

Se você ama química faça um comentário aqui.

Diga as experiencias, vivencias, amizades, professores, ou matérias que fizeram você gostar de química.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Visualizando teorias...

Nessa postagem eu tentatei selecionar algumas animaçoes que irão ser a imaginaçao do estudante.

Sem a pretenção de fazer o estudante deixar de utilizar suas capacidades de abstraçao dos conceitos dados em sala, mas esses videos e animações deverão servir de apoio para a idealização de uma teoria.


A ideia da solução supersaturada e recristalização


Esse conceito de solução, que é bem discutido em sala de aula, muitas vezes é abstrato o suficiente para que os alunos fiquem viajando enquanto o professor, com boa vontade tenta gesticular, e demonstrar através de palavras o que pode ser simplesmente visualizado nesse vídeo chamado "Hot ice"





O paramagnetismo do oxigênio

Essa é pra quem estuda química um pouco mais intensamente.

A ideia do paramagnetismo do oxigênio também é abstrato. Por melhor que seja a imaginação do aluno, esse video consegue mostrar perfeitamente o efeito paramagnético.




Pilha de Daniel

As primeiras aplicações importantes da eletricidade provieram do aperfeiçoamento das pilhas voltaicas originais pelo cientista e professor inglês John Daniell que em 1836 modificou a pilha de Volta, utilizando, ao invés de soluções ácidas, soluções de sais, tornando assim a experiência menos perigosa. Pilhas eletroquímicas são sistemas que produzem corrente contínua e baseiam-se nas diferentes tendências para ceder e receber elétrons das espécies químicas.


A pilha de Daniell é constituída de uma placa de Zinco (Zn) em uma solução de ZnSO4 e uma placa de Cobre (Cu) em uma solução de CuSO4. As duas soluções são ligadas por uma ponte salina, ou por uma parede porosa.




Esses foram alguns exemplos de vídeos que facilitam o entendimento de algumas ideias.


Ao longo do tempo irei postando mais!


Abraços a todos

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A química e Hitchcock....


Essa é a minha homenagem aos 110 anos do nascimento do homem que foi considerado o "mestre do suspense".

No seu filme "The birds", Os pássaros, de 1963:

Sinopse

Uma jovem da cidade de São Francisco vai até Bodega Bay, uma pequena cidade isolada da Califórnia, atrás de um potencial namorado. Lá, de repente, começam a acontecer fatos estranhos: pássaros de todas as espécies começam a atacar a população, em número cada vez maior e com mais violência, deixando todos aterrorizados.

Mas o que poucos sabem é que o ato de migrar dos pássaros também tem um fundamento químico.


"Bússola" química orienta pássaros em migração

da Folha Online

Cientistas alemães e norte-americanos descobriram que reações químicas, influenciadas pelo campo magnético da Terra, dentro do corpo de pássaros migratórios, indica a estes animais a direção a seguir em longas viagens.

De acordo com artigo publicado na edição desta quinta-feira da revista britânica "Nature", a química dos pássaros é sensível até mesmo à rápida flutuação de campos magnéticos artificiais.

Há muito já se sabe que os pássaros possuem um compasso magnético que ajuda a encontrar a direção correta durante os vôos migratórios. Mas, até então, os meios com os quais os pássaros detectavam a direção do campo magnético da Terra permanecia um mistério.

Esta pesquisa foi a primeira a revelar os mecanismos que sustentam a magneto-recepção --habilidade de determinar flutuações em campos magnéticos-- em pássaros migratórios.

Metodologia

Para chegar à conclusão, a equipe de Thorsten Ritz, da Universidade da Califórnia, em Irvine, e seus colegas da Universidade J. W. Goethe, expuseram 12 pintarroxos a oscilações de campos magnéticos artificiais e monitoraram a orientação escolhida por estes pássaros.

Os pintarroxos podiam caminhar e flutuar dentro de suas gaiolas, mas não podiam voar. Quando uma freqüência de 7 MHz era aplicada a um ângulo de 24 ou 48 graus em relação ao campo magnético da Terra, os animais ficavam desorientados.

Mas, quando a mesma banda de freqüência era alinhada paralelamente ao campo magnético terrestre, os pássaros demonstravam a orientação de migração novamente.

"O estudo sugere que o mecanismo de orientação magnética destes pássaros envolve pequenas mudanças em reações químicas sensíveis a campos magnéticos que, possivelmente, ocorrem nos olhos --embora ainda não tenhamos certeza sobre este ponto", disse Ritz.


retirado de: http://www.bicudario.com.br/noticia053.htm


Bem, o que fazia os pássaros atacarem os humanos eu não sei... mas será que tambem era algo químico?

Será que a Senhorita Daniels, estava usando um perfume que atraia os pássaros?

acho que nao... mas para aqueles que nao viram o filme

abaixo está o link para fazer o download:


http://rapidshare.com/files/101189127/Os_passaros_1963_legendado.part1.rar

http://rapidshare.com/files/101198510/Os_passaros_1963_legendado.part2.rar

http://rapidshare.com/files/101247965/Os_passaros_1963_legendado.part3.rar

http://rapidshare.com/files/101258200/Os_passaros_1963_legendado.part4.rar

http://rapidshare.com/files/101259058/Os_passaros_1963_legendado.part5.rar

É só baixar e extrair a primeira parte que as outras irão ser extraidas.

outros filmes de suspense em:

http://cinemaparadisonaweb-suspense.blogspot.com/

domingo, 26 de julho de 2009

Aspartame-Sweet Misery: A Poisoned World



Ele foi descoberto em 1965 pelo químico Jim Schlatter, da Companhia Farmacêutica G. D. Searle, que atualmente faz parte da Pfizer (em inglês). Schlatter lambeu seu dedo para pegar um pedaço de papel enquanto testava uma nova droga anti-úlcera.

O aspartame é cerca de 180 a 200 vezes mais doce que o açúcar, por isso uma pequena quantidade dele é suficiente para adoçar um alimento ou bebida. Quando digerido, o aspartame se quebra em três componentes: ácido aspártico, fenilalanina e metanol.

O que é?

A fenilcetonúria é uma doença relacionada a uma alteração genética rara (herdada) que envolve o metabolismo de proteínas. Em geral, quando uma pessoa ingere comidas que contêm proteína, as enzimas quebram estas proteínas em aminoácidos, que são peças que irão formar as proteínas, importantes ao nosso corpo, participando do processo normal de crescimento. Uma pessoa com fenilcetonúria não tem a quantidade normal de uma enzima específica (fenilalanina hidroxilase hepática) para quebrar o aminoácido fenilalanina. Por isso, qualquer comida que contenha fenilalanina não pode ser digerida corretamente e ela se acumula no organismo, causando problemas no cérebro e em outros órgãos.

Tratamento

A única maneira de tratar a fenilcetonúria é evitar ingerir comidas que contenham fenilalanina. Os bebês deverão fazer uso de uma dieta especial que não contenha fenilalanina. A fenilalanina na maioria dos alimentos que contém proteína, assim aconselhada-se que pessoas com fenilcetonúria sigam uma dieta especial, evitando todas as comidas de alto teor em proteína como as carnes vermelhas, ovos, aves, peixe, leite e queijo, como também o aspartame, um adoçante artificial. Como as necessidades de proteína de cada pessoa variam toda a vida, o seguimento contínuo é necessário para ter certeza que as pessoas com fenilcetonúria adquiram a quantidade certa de proteína que elas precisam para crescer e se desenvolver corretamente. Diversas pesquisas confirmam a necessidade de haver um controle rigoroso da dieta até o início da adolescência. Hoje, recomenda-se a manutenção do tratamento para a vida toda, baseado em evidências científicas, publicadas em outubro de 2000 pelo NIH (National Institute of Health). Neste artigo, os pesquisadores recomendam a manutenção dos níveis de fenilalanina entre 2 e 6 mg/100ml até a criança atingir 12 anos de idade. Após, baseado nos resultados de inúmeras pesquisas científicas, sugere-se níveis de fenilalanina no sangue entre 2 e 10 mg/100ml para o resto da vida.

fonte:http://www.policlin.com.br/drpoli/109/


Existe uma polêmica quanto aos seus possíveis efeitos maléficos do aspartame na saúde humana. Existem até hoje diversos estudos contraditórios sobre a segurança em seu consumo. É considerado por alguns uma neurotoxina (mata neurônios) e também como carcinogênico (provoca câncer).



Parte 1



Parte 2



Parte 3



Parte 4



Parte 5




Parte 6




Parte 7




Parte 8




Parte 9




Parte 10



Parte 11

terça-feira, 14 de julho de 2009

Química e Michael Jackson Vol. 2


Uma reportagem do fantástico nos ensinou uma bela lição

Crianças, nunca usem anestesia geral para dormir, senão vocês podem ter uma bela viagem para NEVERLAND.

A reportagem diz:


Anestésico não deve ser usado para dormir

Michael Jackson usaria propofol todos os dias.



Acidente, overdose, ou assassinato? Seja qual for a resposta para o caso da morte de Michael Jackson, a polícia de Los Angeles tem uma certeza: remédios muito perigosos, de uso controlado, fazem parte dessa trama.

Los Angeles, 26 de junho de 2009. Às 12h21 ( hora local), os bombeiros recebem uma ligação de emergência, vinda da mansão de Michael Jackson: “Preciso rápido de uma ambulância. Temos um homem aqui que precisa de ajuda. Ele parou de respirar. Estamos tentando ressuscitá-lo, mas ele não... O medico pessoal dele está aqui”, disse a mensagem.

O médico era Conrad Murray, que se apresentava como cardiologista, mas não tinha especialização, e ganhava R$ 300 mil por mês para ficar 24 horas diárias ao lado de Michael Jackson. Mas por que alguém precisaria de um médico em tempo integral?

Talvez a resposta esteja no uso de uma substância, encontrada pela polícia na mansão: o anestésico geral propofol. Uma enfermeira que trabalhou na casa disse que Michael usava propofol para dormir.

"Eu acho um absurdo alguém tomar uma anestesia geral pra dormir. Nunca na minha vida fiz nem farei", comenta o professor de anestesiologia Irimar Posso, do Hospital das Clínicas (USP).

O professor explica: "O anestésico geral faz com que a pessoa tenha dois problemas habitualmente: diminuição da pressão arterial e diminuição da respiração, diminuição da frequência respiratória, podendo levar à parada respiratória".

Um ponto que os médico enfatizam muito é que o lugar correto de se usar anestesia geral é na sala de cirurgia. Na sala de cirurgia do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, o professor Irimar mostra os equipamentos corretos para se usar com segurança uma anestesia geral.

Não é só isso. Também se usam diversos monitores, que estão ligados a uma voluntária. Eles registram os batimentos do coração, a concentração de oxigênio no sangue, a pressão arterial.

"Tenho um equipamento que permite que eu ventile meu paciente, se ele começar a ter uma diminuição da frequência respiratória", mostra o professor.

Michael Jackson morreu de parada cardíaca, que pode ser consequência de uma parada respiratória. "Não é ético você usar um anestésico geral para fazer uma pessoa dormir", alerta Irimar.

Também não é ético receitar altas quantidades de remédios controlados para pacientes que, a rigor, não precisam deles. Mas uma série de médicos com quem Michel Jackson se associou ao longo dos anos fazia isso. Um dermatologista admitiu à rede de TV CNN que receitava demerol, seguidamente, ao rei do pop.

“É um analgésico que deve ser usado para dores de moderada ou grande intensidade, nunca para dor de pequena intensidade”, diz o professor da USP.

O demerol é uma droga fabricada em laboratório, parente muito próxima da heroína e da morfina. Tem alto potencial de causar dependência.

“É uma dependência que se instala de modo até muito rápido, porque, quando o indivíduo recebe o demerol porque ele tem uma dor qualquer, ele vai ter uma analgesia, mas ele te dá uma sensação de bem-estar muito grande, o que nós chamamos de euforia. Ele se sente muito bem. Mesmo que a dor vá diminuindo, ele continua sentindo uma dor não mais física; passa a ser mais uma dor psicológica. Com isso, ele começa a tomar o medicamento pela sensação de bem-estar que esse medicamento lhe dá. Assim, ele vai querer receber mais vezes, com mais frequência e em doses cada vez maiores”.

Mais um grande perigo do demerol: dentro do organismo, ele se transforma em outra substância, que pode causar convulsões. “Não tem indicação de usar cronicamente, de jeito nenhum”, ressalta o professor.

Os resultados oficiais do exame toxicológico do corpo de Michael Jackson ainda podem demorar um mês. Quanto a Conrad Murray, médico pessoal do cantor, as últimas informações são de que ele não está cooperando com as autoridades.

OBS: RETIRADA DO SITE DO FANTÁTICO

Mas tambem conseguimos belas informaçoes sobre o PROPOFOL

Propofol é um fármaco de curta-duração da classe dos hipnóticos intravenosos. A injecção intra-venosa de uma dose terapêutica de Propofol induz a hipnose, com excitação mínima, usualmente em menos de 40 s (o tempo de uma circulação braço-cérebro). Como outros indutores de acção rápida, o tempo de semi-vida de equilíbrio circulação-cérebro é aproximadamente de 1-3 minutos, dependendo da velocidade da indução da anestesia. O mecanismo de acção proposto é atividade agonista de receptores do tipo GABA. Sua ligação provocaria a abertura de canais de íons cloreto levando à hiperpolarização neuronal.

É utilizado para indução anestésica em pacientes adultos e pediátricos (com mais de 3 anos de idade), manutenção da anestesia geral em pacientes adultos e pediátricos (com mais de 2 meses de idade) e sedação para procedimentos médicos, como colonoscopia, proporcionando também analgesia. O propofol não produz analgesia, embora em certos estudos quando se administra propofol em comparação com anestésicos inalatórios os doentes referem menos dor. Também é utilizado em Medicina Veterinária.

Essa fonte foi a wikipédia, mas muito interessante por sinal.

agora observem os efeitos

Além de hipotensão (sobretudo por via de vasodilatação) e apneia transitória após doses de indução hipnótica, um dos efeitos laterais do propofol é dor no local da injecção, sobretudo em veias de calibre inferior. Esta dor pode ser reduzida com um pré-tratamento com lidocaína i.v.. Um efeito mais raro mas mais grave é Distonia. Movimentos mioclónicos relativamente ligeiros são comuns. Aparentemente o Propofol é seguro em casos de Porfiria e não estão descritos casos de indução de Hipertermia Maligna com o seu uso. Há um caso relatado em que a urina de paciente tratado com Propofol tornou-se verde, havendo descoramento após 24h da interrupçao do tratamento.

Fórmula Molecular do PROPOFOL: C12H18O
Nomenclatura IUPAC: 2,6-diisopropilfenol


Será que Michael, além de trocar de cor, mijava verde? realmente esse caso torna-se bem interessante

E a química está ai, bem no meio do cenário POP. E como em muitos casos ela pode ser boa ou ruim, depende de quem está usando.

Continuarei postando mais sobre o caso Michael conforme saiam mais notícias que relacionem a morte do astro ao uso de medicamentos.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

Química e Michael Jackson...


LOS ANGELES (Reuters) - Um dia depois da morte repentina de Michael Jackson, as especulações giram em torno do que teria matado o "rei do pop", de 50 anos, às vésperas dos ansiosamente aguardados shows que marcariam seu retorno aos palcos.

Um advogado da família disse na sexta-feira que se preocupava com a ideia de que o uso pelo cantor de medicamentos receitados devido a fraturas sofridas ao dançar pudesse acabar sendo fatal e que o círculo de pessoas mais próximas a Jackson vinha ignorando seus avisos.

Um membro da família de Jackson disse ao site TMZ.com que o cantor recebeu uma injeção do analgésico Demerol antes de sofrer a parada cardíaca em sua casa alugada, por volta do meio-dia da quinta-feira no horário local. Pouco depois, o site divulgou que Jackson morrera num hospital de Los Angeles.

O Instituto Médico Legal de Los Angeles disse que a autópsia começaria na manhã de sexta-feira, mas que podem ser necessárias seis a oito semanas para determinar a causa da morte, que provavelmente terá que aguardar os resultados de exames toxicológicos. Estes vão determinar se Jackson tinha drogas, álcool ou medicamentos receitados em seu organismo.

Essa notícia foi extraido do site http://br.reuters.com/

E segundo o Globo, Michael compôs uma musica sobre esse analgêsico



Michael Jackson compôs música sobre demerol

'Morphine', do disco 'Blood on the dance floor', cita ataque cardíaco.
Amigo da família diz que o rei do pop estava abusando de medicamentos.

Há 12 anos, Michael Jackson lançou uma música chamada "Morphine" (morfina), que foi incluída no álbum de remixes "Blood on the dance floor - HIStory in the Mix".

Os investigadores estão procurando o médico, que ainda não foi localizado. O carro dele foi apreendido pela polícia na madrugada na casa que era alugada pelo músico. Autoridades teriam encontrado dentro do veículo medicamentos que podem ajudar na investigação.

Brian Oxman, advogado e amigo da família de Michael Jackson, disse nesta sexta (26) que estava preocupado com o uso de medicamentos pelo cantor. Ele afirmou ainda ter alertado a família do astro quanto a um possível abuso dessas substâncias.



Segundo Oxman, Michael Jackson tinha muitos medicamentos prescritos à sua disposição para ajudar a aplacar a dor decorrente de uma queda do palco. Na ocasião, o astro teria quebrado a perna e ferido uma vértebra.


Assista o clipe da musica no Youtube




Refrao:

Relax, this won’t hurt you
Before I put it in
Close your eyes and count to ten
Don’t cry, I won’t convert you
There’s no need to dismay
Close your eyes and drift away
Demerol, Demerol
Oh God, he’s taking Demerol
Demerol, Demerol
Oh God, he’s taking Demerol

"Relaxe, isso não irá machucá-lo
Antes que eu injete isso em você
Feche os seus olhos e conte até dez
Não há necessidade de se sentir desencorajado
Feche os olhos e flutue para longe

Demerol, Demerol
Oh, Deus, ele está tomando Demerol
Demerol, Demerol
Oh, Deus, ele está tomando Demerol"


Um pouco mais sobre a morfina...

Esta substância foi e é produzida em laboratórios, é usada para aliviar dores. Seu uso foi mais difundido a partir de 1853, com a invenção da seringa. É uma droga perigosa, pois pode causar dependência, por de seus sintomas colaterais citando, por exemplo, a euforia, e bem estar.

Também serviu para o tratamento alcoolismo e consumo de ópio, verificando-se mais tarde, que não existia efeito para estes tipos de tratamentos, e sendo altamente perigosos por levar uma nova dependência por esta droga, que poderia ocorrer com os que a utilizavam.

Na guerra Civil Americana, quatrocentos mil soldados, voltaram para suas casas com síndromes de dependência a Morfina, resultado de uso impróprio.

A morfina pode deixar o usuário dependente tanto psicológica quanto fisicamente. Como qualquer droga, os usuários precisam de doses cada vez maiores para poder chegar ao ápice.

Os principais efeitos úteis clinicamente da morfina são:

- Analgésica central com supressão nas dores físicas e emocionais;
- Anestesia para sedação;
- Co-adjuvante nos anestésicos gasosos, quando principal;
- Tratamentos de dores crônicas, e pós-operativa,
- Alivia dores agudas fortes.

Esta substância pode ser ministrada de várias formas, podendo ser via oral, intramuscular, subcutânea, intravenosa, epidural, intranasal ou transdérmica, sendo que estas três ultimas, são as menos utilizadas.

Os efeitos da morfina duram de 4 a 6 horas dentre os quais podemos citar:

- Alívio da dor e da ansiedade;
- Diminuição do sentimento de desconfiança
- Euforia;
- Tranqüilidade, sensação de bem-estar;
- Letargia, sonolência, depressão;
- Impotência;
- Incapacidade de concentração;
- Obstipação (prisão de ventre)
- Paralisia do estômago (sensação de saciedade)
- Amenorréia (ausência de menstruação)
-Contração da pupila;

O uso da morfina também pode levar o usuário ao coma, com perda de consciência, fraca oxigenação no sangue, queda da pressão arterial, que se não for socorrido rapidamente pode levar a morte.

A morfina pode deixar o usuário dependente tanto psicológica quanto fisicamente e como qualquer droga, os usuários precisam de doses cada vez maiores para poder chegar ao ápice. A falta do uso da droga causa a síndrome da abstinência, onde o usuário começa a sentir, com náuseas e vômitos, diarréia, cólicas intestinais, lacrimejamento, corrimento nasal, calafrios, cãibras musculares, tremores, ansiedade, hipersensibilidade a dor. Podem surgir também dores abdominais, lombalgia, dores no tórax e nos membros inferiores, que podem durar de 8 a 12 dias.

Em alguns hospitais do mundo, pode ser dado ao paciente um controle injetor de morfina, que ativada por meio de um botão, a injeta de acordo com sua vontade.

Normalmente, nestes casos existe um mecanismo de defesa ao paciente, que previne a injeção de doses elevadas, evitando-se assim de provocar sérios danos à saúde do mesmo, sendo que na grande maioria dos casos que o paciente detém o controle de injeção da mesma, existe uma redução à ansiedade dos mesmos e as doses acabam até por serem mais baixas do que se fossem ministradas pelos médicos em horas pré-determinadas.

Nos pacientes, que tem fortes dores, a euforia é muito rara ocorrer, mas há, o efeito sedativo sendo assim, o paciente limita-se a injetar a droga pressionando o botão somente quando sente dores, para poder evitar o efeito de sonolência decorrente.

Extraido do site infoescola

Bom, qual será o próximo passo?

Dr. House criará uma música para o Vicodin ? De qualquer forma vai ficar dificil dançar... bem, pelo menos eu nunca vi moonwalk de bengala.


Essa postagem foi baseada na suspeita do uso de medicamentos pelo Rei do Pop Michael Jackson, e gostaria de dizer que o motivo primário desse post foi achar uma forma pra linkar o meu meio de comunicaçao e fazer uma homenagem pra um dos maiores ícones da música mundial.

Fica ai essa pequena homenagem ao Michael.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

CUIDADO AMÉLIA!!!!!!


Senhora dona de casa tome muito cuidado na hora de fazer aquela faxina. Lembre-se da química, aquela que talvez tenha sido odiada no colégio, mas que nesse instante irá ser fundamental.

Nunca escute aquela que te dirá

“ Amigaaaa, me contaram de uma coisa ótima... Já que está aparecendo ratos em sua casa, faz uma mistura simples... mistura limpador de privadas e alvejante em um balde”


BUMMMMM


Ta bom, ta bom... não vai explodir, mas a senhora pode não sair viva.

O alvejante, solução de Hipoclorito de sódio NaClO quando misturado com qualquer ácido libera o gás clorídrico, altamente tóxico. Assim, como a maioria dos limpadores de privada contém sulfato de sódio hidrogenado, terás uma mistura que será chocante.

Que tal esse efeito, será que seus ratos irão gostar?

O gás cloro, por ser corrosivo poderá destruir o tecido do pulmão, fazendo eles se encherem de água e provocar uma deliciosa morte por afogamento. Com certeza seus ratos iriam adorar... mas a senhora NÃO.

Mas não é só isso... (ouça a voz do cara da polishop)

Problemas ainda podem ser causados com limpadores de ralo.

Existem limpadores que possuem hidróxido de sódio (NaOH) e outros que possuem ácido sulfúrico concentrado. Ambos exercem muito bem sua função, mas quando misturados.

ARRRRRRRR MEU ROSTO!!!


Essas substâncias misturadas produzem uma grande quantidade de energia. Há histórias de que pessoas que tentaram limpar o ralo com um produto, e em seguida jogou o outro produto. Essa mistura gerou um vapor corrosivo que foi em direto para seus rostos.


Moral da história: NÃO SAIAM POR AI MISTURANDO PRODUTOS DE LIMPEZA.

terça-feira, 26 de maio de 2009

Petróleo, petróleo e petróleo: um dos temas mais falados da atualidade

Viciados em Petróleo


Documentario apresentado por Thomas L. Friedman . Ele mostra todas a consequecias de se depender do petróleo.
Como os petro-dolares financiam o terrorismo e tambem impede o evolução cultural em paises islâmicos.
É exibido como a China esta se preparando para crescer de maneira mais eficiente e ecológica. É interessante o tijolo de terra prensada ,que não requer o uso de carvão.
Mostra tambem as alternativas ,como energia solar ,energia eolica e energia de biomassa.


terça-feira, 19 de maio de 2009

Descaso com o mestre...

Professor demitido por causa de piada em Niterói

OUÇA A ENTREVISTA PARA A RÁDIO

http://globoradio.globo.com/RadioClick/Player/6/0,,KY1031884-5941,00.html



Há dez anos lecionando Química no colégio São Vicente de Paulo, em Niterói, o professor José Carlos Brasil foi surpreendido quarta-feira com uma notícia que abalou sua vida. Estava demitido. O motivo apresentado pela direção foram "questões éticas". Mas, entre os professores, comentou-se que a razão do desligamento foi o livro de piadas lançado por Brasil em fevereiro, com uma coletânea de piadas e brincadeiras feitas em sala de aula.

- Estava dando aula, por volta das 10h15m, quando o coordenador me tirou da sala. O diretor geral do colégio me disse que eu estava dispensado, atendendo a um pedido da coordenação. Na sala dos professores, disseram que foi por causa do livro de piadas. As brincadeiras ajudam a memorizar a matéria.
Não tem nenhum teor pornográfico nem agressivo, é um livro de humor - conta o professor, que recebeu centenas de mensagens de apoio de alunos no Orkut.

Para Brasil, foi uma decisão arbitrária, porque não houve nenhuma tentativa de diálogo antes da decisão da direção.

Os alunos também publicaram no site de relacionamentos Orkut sua insatisfação com a atitude do colégio.

- Nunca faltei nem cheguei atrasado. Tenho um filho de quatro anos matriculado no colégio. Desde que fui demitido não o levei à escola. Quero evitar mais constrangimentos. Recebo ligações de pais de alunos e de estudantes o dia inteiro desde a demissão. Eu fico envaidecido porque eles gostam do trabalho - diz o professor.

Matéria retirada do site: http://extra.globo.com/geral/casosdecidade/post.asp?t=professor-demitido-por-causa-de-piada-em-niteroi&cod_Post=186738&a=645


Onde já se viu um professor ser retirado de sala pra ser demitido? Isso é um absurdo, que tipo de escola é essa que nao respeita o principal pilar da instituição?

O PROFESSOR!

isso porque ele escreveu um livro com piadas do tipo

Mole, mole não! Mol, mol!!"

"Ocorre a reação, aí... Acabou-se o que era doce e vira sal!"

"Não precisa decorar isso na prova, não. É só deixar de caneta preta mesmo...";

"(...)É o KCl, mas não é a cantora não, pessoal!"

"Ei, pessoal, vocês estão muito dispersos! Vamos aumentar a massa desse soluto ae, pra vocês ficarem mais concentrados..."

"A ordem dos tratores não altera o oleoduto!"

"Por que o urso branco se mistura com a água? Porque é polar!"

"O problema pede pra você descobrir a MM. Mas não é o chocolate não!"

"(Aluno): Professor, cabô a aula!" - "(Brasil): Ah, tá boa a aula, eu sei!";
"(Aluno): Professor, quanto é (a massa) o cálcio?" - "(Brasil): Eu calço 39, mas o cálcio é 40."

(Comentários extraidos da comunidade do orkut

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=2885772

Qualquer patrão tem direito de mandar o funcionário embora, mas retirá-lo de sala é um descaso com a figura de um professor que se dedicou 10 anos para formar jovens.

Tive aula com o Professor Brasil e ele foi uma das pessoas que mais me ajudou.

Não digo em sala de aula porque isso é muito fácil, mas fora de sala apoiando, conversando comigo sobre minha decisão.

Fica um ALERTA!

abraços GRANDE MESTRE

OBS: VEJA TAMBEM

http://migre.me/1haM

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Como será a terra nos próximos 100 anos?

Esse documentário da Discovery fez esse questionamento.

"No verão de 2005, observadores sobrevoaram o olho do furação Katrina, a tempestade mais destrutiva e mortífera já ocorrida nos EUA. Duzentas e noventa e quatro km/h, sob uma parede de nuvens de quase 18 quilômetros de altura, ondas de tempestade, chuva e ventos, dizimaram New Orleans e a costa do golfo. O furação Katrina, foi um sinal do que está por vir? Muitos afirmam que condições climáticas violêntas como esta assolarão o planeta com muito mais frequência no futuro. Nosso planeta está sendo devastado. Terras antes férteis estão secando, áreas litorâneas estão erodindo, florestas tropicais estão desaparecendo e ondas de calor estão debilitando pessoas idosos e vulneráveis."


Parte 1




Parte 2




Parte 3





Paete 4



Parte 5

terça-feira, 12 de maio de 2009

Musicando a química com a beleza dos alquimistas.



Ahh, a química também é fonte de inspiração na música, de Renato Russo com “...eu odeio química” a Jorge Ben que conta um pouco da história da Química com “Hermes Trimiegistus” e “Os alquimistas estão chegando.”

O “...eu odeio química” estou me esforçando para tentar melhorar essa imagem da química, mas quanto as ultimas duas músicas vamos analisar um pouco dessa bela história.





Hermes Trismegisto e sua celeste tábua de esmeralda (Jorge Ben)


Hermes Trismegisto escreveu
com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda

O que está embaixo é como o que está no alto,
e o que está no alto é como o que está embaixo.

E por essas coisas fazem-se os milagres de uma coisa só.
E como todas essas coisas são e provêm de um
pela mediação do um,
assim todas as coisas são nascidas desta única coisa por adaptação.

O sol é seu pai, a lua é a mãe.
O vento o trouxe em seu ventre.
A terra é seu nutriz e receptáculo.

O Pai de tudo, o Thelemeu do mundo universal está aqui.
O Pai de tudo, o Thelemeu do mundo universal está aqui.

Sua força ou potência está inteira,
se ela é convertida em terra.

Tu separarás a terra do fogo e o sutil do espesso,
docemente, com grande desvelo.
Pois Ele ascende da terra e descende do céu
e recebe a força das coisas superiores
e das coisas inferiores.

Tu terás por esse meio a glória do mundo,
e toda obscuridade fugirá de ti.
e toda obscuridade fugirá de ti.


É a força de toda força,
pois ela vencerá qualquer coisa sutil
e penetrará qualquer coisa sólida.
Assim, o mundo foi criado.
Disso sairão admiráveis adaptações,
das quais aqui o meio é dado.

Por isso fui chamado Hermes Trismegistro,
Por isso fui chamado Hermes Trismegistro,

tendo as três partes da filosofia universal.
tendo as três partes da filosofia universal.

O que disse da Obra Solar está completo.
O que disse da Obra Solar está completo.

Hermes Trismegisto escreveu com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda.
Hermes Trismegisto escreveu com uma ponta de diamante em uma lâmina de esmeralda.


A primeira pergunta a ser feita é: QUEM É HERMES?

Na verdade o Hermes é o Deus grego, que simboliza a lógica organizada do universo, sendo considerado Deus da sabedoria e a escrita, e escrevendo uma série de textos que propõe a explicação do universo. Os textos heméticos foram base para toda a constituição de uma religião e influenciaram altamente em toda a alquimia, e outras instituições como a Maçonaria.

Lei do Mentalismo
"O Todo é Mente; o Universo é mental."

Lei da Correspondência
"O que está em cima é como o que está embaixo. E o que está embaixo é como o que está em cima"

Lei da Vibração
"Nada está parado, tudo se move, tudo vibra".

Lei da Polaridade
"Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tudo tem o seu oposto. O igual e o desigual são a mesma coisa. Os extremos se tocam. Todas as verdades são meias-verdades. Todos os paradoxos podem ser reconciliados"

Lei do Ritmo
"Tudo tem fluxo e refluxo, tudo tem suas marés, tudo sobe e desce, o ritmo é a compensação".

Lei do Gênero
"O Gênero está em tudo: tudo tem seus princípios Masculino e Feminino, o gênero se manifesta em todos os planos da criação".

Lei de Causa e Efeito
"Toda causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa, existem muitos planos de causalidade mas nenhum escapa à Lei".

Dessa forma o hermetismo era a magia e a ciência, que tambem estava presente e influenciou na alquimia.

Durante grande parte da nossa história, não existia a química como é vista hoje. Ela passou por uma série de transformações. Um desses períodos foi a alquimia. Também trazida a nós em forma de música por Jorge Ben.

Os alquimistas estão chegando (Jorge Ben)



Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!...

Os Alquimistas
Estão chegando
Estão chegando
Os Alquimistas...(2x)

Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!
Êh! Êh! Êh! Êh!...

Eles são discretos
E silenciosos
Moram bem longe dos homens
Escolhem com carinho
A hora e o tempo
Do seu precioso trabalho...

São pacientes, assíduos
E perseverantes
Executam
Segundo as regras herméticas
Desde a trituração, a fixação
A destilação e a coagulação...

Trazem consigo, cadinhos
Vasos de vidro
Potes de louça
Todos bem e iluminados
Evitam qualquer relação
Com pessoas
De temperamento sórdido
De temperamento sórdido
De temperamento sórdido
De temperamento sórdido...

Êh! Êh! Êh! Êh!
Êh! Êh! Êh! Êh!...

Os Alquimistas
Estão chegando
Estão chegando
Os Alquimistas...(2x)

Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!
Oh! Oh! Oh! Oh!...

E não só Jorge Ben fala dos alquimistas, mas também eles aparecem em outras formas de comunicação. Quem não lembra daquela figura mística que era Raimundo Flamel, personagem da novela Fera Ferida que foi ao ar na rede globo em 1993 e foi reapresentada em 1997 no Vale a pena ver de novo.

Em 1993 eu era muito novo, mas lembro claramente de 1997 que ele tinha vontade de transformar tudo em ouro. Essa era uma das idéias clássicas dos alquimistas, a transmutação de metais inferiores em ouro.

Outro objetivo era alcançar o elixir da longa vida, mas para isso era preciso obter a pedra filosofal, pode ser vista em “Harry Potter e a pedra filosofal”.

Quantos se perguntaram o que era a pedra filosofal?

Para os que não foram curiosos o suficiente para ir atrás da resposta ai vai: a pedra filosofal era um objeto que teria o poder transmutar qualquer metal ( um dos objetivos dos alquimistas) e conseguiria fazer o elixir da longa vida. Desse modo tal objeto virou alvo de buscas, afinal algo que te deixa vivo e rico é algo muito bom, pelo menos para os alquimistas que dedicavam suas vidas atrás desse objetivo. Alem de que a prática da alquimia era associada ao mal, pois foi considerada herética pela igreja católica.

Mesmo essa mistura de ciência e magia desaparecendo com o surgimento de novas idéias, toda essa busca pela pedra filosofal não foi em vão.

Mesmo sendo tão relacionada com a magia, ela baseava se na observação de fatos, por isso ajudou a desenvolver a química, com materiais e técnicas de laboratório, a medicina e a farmácia.

Portanto vimos como que a música, a literatura, e a televisão nos explica um pouco da bela história da ciência, afinal algo tão belo não pode ser deixado de lado.

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Poeira das Estrelas...

De onde viemos? Como foi que o mundo começou? O físico e astrônomo Marcelo Gleiser apresenta as respostas da ciência para essa e muitas outras perguntas fundamentais.

Com esse texto o Fantástico, programa de televisão da Rede Globo, iniciou uma série em 12 episódios sobre ciência.


Episódio 1





Episódio 2




Episódio 3




Episódio 4





Episódio 5





Episódio 6




Episódio 7




Episódio 8





Episódio 9





Episódio 10




Episódio 11




Episódio 12


quarta-feira, 29 de abril de 2009

COCA ZERO PROIBIDA nos Estados Unidos...



Esse e-mail foi mandado pelo meu amigo Thiago Maciel

E-MAIL


Recebemos esta mensagem do Dr. Edgardo Derman, médico em San Juan , Argentina, a respeito de sua pesquisa sobre o refrigerante Coca-Cola Zero.

Para não incorrermos em divulgar notícia infundada, pesquisamos o site do Federal Drugs Administration, o mais respeitado órgão de controle de drogas e alimentos daquele país, cujas publicações merecem o crédito de toda a comunidade científica internacional.

Como se trata de saúde do consumidor, traduzimos a mensagem que vai publicada na íntegra como nos chegou:

"Faço minha contribuição a este interessantissimo artigo: Na década de setenta apareceu uma bebida que foi muito popular em seu momento. A casualidade é que a mesma era produzida também pela Coca Cola e se chamava TAB, obtendo grande êxito já que era dietética.
Nesta época, meu irmão, um engenheiro químico, estava fazendo uma Pós-Graduação na Espanha em Produtos Alimentícios e nos chamou atenção para não consumirmos esta bebida pois a mesma continha "Ciclamato", um agente químico que reconhecidamente fazia mal à saúde.

DESDE ESSA ÉPOCA SE SABE QUE NÃO SE PODE USAR O CICLAMATO PARA CONSUMO HUMANO.

O Ciclamato, a pesar dos alertas, continuou a ser usado em muitos produtos dietéticos, notadamente nos países em desenvolvimento ou não desenvolvimos.
Quando forem a um supermercado ou mercearia basta conferir os ingredientes para ver se apresenta esta nociva substância nas composições destes produtos.

Agora prestem atenção:

Porque a Coca-Cola Zero, que contém Ciclamato, foi proibida nos Estados Unidos?
Conheça as razões deste porquê. E mais uma questão: O que se passa na América Latina, onde este produto ainda não foi retirado do mercado?

Fiquem de olho nesta bebida, afinal, o que você sabe da Coca-Cola Zero?

Depois de uma massiva propaganda do novo produto Coca-Cola Zero, começaram a aparecer na comunidade científica, artigos médicos sobre os malefícios do Ciclamato. De outra forma, os consumidores começaram a questionar porque a Coca-Cola lançava um produto que viria concorrer com outro produto seu da mesma linhagem, a Coca-Cola Light. Afinal, asa duas não prometiam a inexistência de açúcar em suas composições? Se ambas não contém açúcar, o que as diferenciava?

As respostas para estas questões estão a mostra num atento exame dos componentes de tais refrigerantes:


A Coca Cola

LIGHT possui: Acesulfame K (16mg/%) y Aspartame (24mg/%), num total de 40mg/100ml de bebida, de edulcorantes.

Já a Coca Cola ZERO tem em sua formulação Ciclamato de Sódio (27mg%), Acesulfame K (15mg%) e Aspartame (12 mg%), tornando-a mais doce que a outra - um total 54mg/100ml de bebida).

Tendo em conta que o edulcorante «Ciclamato de Sodio» está terminantemente proibido pelo F.D.A (Federal Drugs Administration) - (Organismo máximo de controle de alimentos e drogas dos EEUU da América) por comprovados efeitos na gênese de tumores cancerígenos, e mais, que o Ciclamato é muito mais barato que o Aspartame (a razão de 10 dólares por quilo do Ciclamato contra 152 dólares/Kg do Aspartame, vem a pergunta: Que Coca-Cola você passará a tomar?

Nota da Redação: Parece fácil a resposta, ainda mais considerando-se que o Ciclamato de Sódio é cancerígeno, não? Entretanto, o que se vê é um contínuo incremento no consumo da Coca Zero em contraste a um decréscimo no consumo da Light. Especialmente nos países em que a Coca Zero não foi ainda tirada do mercado. O que faz isto? A massificação da propaganda da Coca Zero, contra praticamente nenhuma da Coca Light. Assim, somos induzido a a ingerir um produto que, proibido em outros centros por conter um agente cancerígeno, ainda está a disposição em nossos mercados.

ANEXOS

Como é meu costume investigar pela Internet - não creio em verdades absolutas - entrei no site do FDA e... SURPRESA!!!
Lá, encontrei uma lista de aditivos e alimentos considerados seguros para a saúde humana, chamada, Generally Recognized as Safe (GRAS).

Pois bem! Efetivamente o Ciclamato de Sódio aparece nesta lista com uma observação em inglês:
Sodium cyclamate - NNS , ILL - Removed from GRAS - list 10-21-69 - 189.

Ou seja, o Ciclamato de Sódio foi retirado da lista de aditivos e alimentos seguros.

Confira em http://www.cfsan.fda.gov/~dms/opa-appa.html

Continuei minha busca e encontrei através do site do FDA um "link" para uma outra lista com a sigla EAFUS (Everything Added to Food in the United States). Traduzindo: Todos os Aditivos de alimentos nos Estados Unidos.

Lá, está claramente a proibição ao Ciclamato de Sódio:
SODIUM CYCLAMATE-PROHIBITED.

Quer a fonte? Consulte: http://www.cfsan.fda.gov/~dms/eafus.html

Finalmente, deparei-me com outra lista de substâncias proibidas em alimentos para consumo humano. E lá estava:

PART 189--SUBSTANCES PROHIBITED FROM USE IN HUMAN FOOD.

189.135 Cyclamate and its derivatives.

Fonte: http://www.access.gpo.gov/nara/cfr/waisidx_03/21cfr189_03.html

Alguma dúvida? Bem, foi esta a mensagem que me chegou por e-mail.

Agora meus comentários:

A Pessoa que me enviou a mensagem perguntava-me: porque a Coca-Cola Zero é vendida nos Estados Unidos se a FDA proibiu o uso de Ciclamato de Sódio para consumo humano?

A resposta é simples;

A COCA COLA ZERO vendida nos Estados Unidos, no Canadá, no Reino Unido e na mayoría dos países europeus NÃO CONTÉM Ciclamato de Sódio.

Isto só acontece nos países pobres ou subdesenvolvidos como os da Europa Oriental e América Latina.

Quando no ano passado se tirou do mercado a Coca-Cola Zero no México criou-se uma grande polêmica porque ela continha Ciclamato e tiveram que trocá-la.

A Coca Cola nunca aceitou dizer que ela havia sido tirada do mercado por causa do Ciclamato. Ao invés disto disse que a mesma foi retirada do mercado para "melhorar seu sabor".
É frustrante e indigno o que estes países fazem com os países do dito 3º. Mundo.
Não lhes interessa a saúde do consumidor (que em sua ignorância crêem estar usando produtos dietétios seguros). Interessa-lhes, apenas, o lucro, o dinheiro.

Por incrível que pareça, em minhas investigações a COCA COLA ZERO que se vende na Espanha também possui esta coisa, o Ciclamato. Porém, está cada vez mais rara sua venda. A que vendem na Alemanha também contém esta droga.

POR FAVOR CONTRIBUYAMOS CON UNA CAUSA JUSTA, REENVÍA ESTE MENSAJE A TODO EL QUE PUEDAS PARA QUE SE SEPA QUÉ CLASE DE VENENO SE ESTÁ VENDIENDO EN CADA UNA DE LAS TIENDAS DEL PAIS"

Dr. Edgardo Derman MAAC
LU3PCJ - San Juan - ARGENTINA

sexta-feira, 17 de abril de 2009

Nós que aqui estamos por vós esperamos.

Nós que aqui estamos por vós esperamos é um documentário brasileiro, dirigido por Marcelo Masagão, e baseado na obra Era do extremos: o breve século XX, do historiador Eric Hobsbawm.

Tentem reparar que a todo momento a ciência está presente. A física a química, a matemática, a biologia, a história, geografia, filosofia, ciencias sociais...

Todas unidas como vieram ao mundo, todas compondo nosso breve século XX

Parte 1



Parte 2



Parte 3




Parte 4




Parte 5




Parte 6




Parte 7

terça-feira, 14 de abril de 2009

terça-feira, 31 de março de 2009

A história da Geladeira



Apesar da existência há milênios de depósitos de gelo ( Casa de gelo, porões revestidos de madeira e palha, etc ) para servirem de fonte de gelo no verão, o primeiro refrigerador doméstico comum surgiu nos últimos anos do século XIX, na forma de caixas de gelo.
Quando o gelo derretia, ele era substituído por gelo comprado nos depósitos comerciais.

John Gorrie (19/03/1802 - 29/06/1855) médico americano, cientista, inventor e humanitário, passou sua vida tentando melhorar as condições de vida de seus pacientes. Em 1833, se mudou para a Flórida, uma cidade portuária na costa do Golfo do México, onde era médico residente em 02 hospitais. Estudava as doenças tropicais (especialmente a febre amarela) e sem conhecimento de microbiologia, advogava o aterramento de pântanos e uso de redes à noite. Pregava o esfriamento dos quartos hospitalares para reduzir a febre e deixar os pacientes mais confortáveis. Para isso, usava gelo em uma bacia suspensa no teto (aproveitando que o ar é gelado é mais pesado e descia aos pacientes até uma abertura próxima do chão). Como o gelo precisava ser trazido de barco dos lagos congelados do norte, e armazenados com serragem, Gorrie construiu em 1844 um refrigerador baseado nos projetos de Oliver Evans. Ele é considerado o pai do ar-condicionado. Em 1845, desistiu da prática médica para continuar seus projetos de refrigeração. Seu modelo original está até hoje no Instituto Smithsoniano.

O primeiro refrigerador doméstico aparentemente foi produzido em 1913 por Fred W. Wolf Junior em Chicago, chamado Domelre ( Domestic Eletric Refrigerator). Não foi um sucesso comercial, ao contrario da companhia Kelvinator, formada em maio de 1916. Os refrigeradores Kelvinator, como seus descendentes modernos, resfriavam usando uma bomba de calor de fase alternada.
O primeiro refrigerador a ter sucesso mundial foi um modelo da General Eletric (Monitor-Top) de 1927.

Mais de um milhão de unidades foram produzidas, muitas ainda funcionando atualmente. Essa geladeira usava dióxido de enxofre como refrigerante.
Geladeiras no final dos anos 1800 até 1929 usavam gases tóxicos como refrigerantes. Exemplos eram a amônia (NH3), cloreto de metila (CH3Cl), e dióxido de enxofre (SO2). Vários acidentes fatais ocorreram na década de 20 com o cloreto de metila que vazava das geladeiras. A indústria da refrigeração se uniu para produzir um gás mais seguro.

Em 1928 um engenheiro americano, Thomas Midgley (18/05/1889 - 02/11/1944) desenvolveu os clorofluorcarbono (CFCs) como substituto para os gases tóxicos. Ele produziu, especificamente, o freon (CCl2F2), que, por sem atóxico e não inflamável, foi usado também como propelente em aerossóis, e agente expansor para plásticos expansíveis, como o isopor. A partir de 1931 a DuPont® passou a produzir quantidades comercialmente viáveis de Freon, e em poucos anos ele se tornou o gás refrigerante padrão para todas as geladeiras no mundo.

Tragicamente, apenas em 1973, os químicos americanos Frank Sherwood Rowland e Mario Molina, perceberam o efeito danoso dos CFCs à camada de ozônio do planeta. Baseado nesse fato, em 01/01/1989 foi efetivado o Protocolo de Montreal, que proibiu os grandes países de produzirem CFCs, e que o resto do planeta suspenderia a produção total de CFCs até 2010.


Curiosidade:


Freon É marca registrada da empresa norte americana Du Pont, apontada por muitos como a principal causadora de danos atmosféricos, danos à saúde da humanidade e danos contra os seres vivos e, portanto contra o Planeta Terra nas últimas décadas.

Então o Freon é a marca do CFC utilizada, esse é mais um dos inumeros casos que a marca passou a representar o produto. Para um exemplo comum do CFC 12 que é o exemplo visto no número 2, essas são as marcas mais conhecidas:
R-12; FREON-12; FRIOGÁS-12; ISCEON-12; GENETRON-12; PROGEN-12; DAIFLON-12; ARCTON-12; MAFRON-12; FORANE 12

Há uma tabela que mostra os tipos de CFCs, com suas formulas relacionadas e as marcas mais usuais. Ela pode ser achada no site do ibama


VEJA

www.ibama.gov.br/formularios/tabela1.doc


fonte: http://www.geladeirasantigas.com.br/

Selo- Vale a pena acompanhar esse Blog


Primeiramente agradeço a professora Alcione do blog ensino de química

http://ensquimica.blogspot.com/


e Gostaria de indicar esse selo para os seguintes blogs

http://ensinofisicaquimica.blogspot.com/

http://xquimica.blogspot.com/

http://alquimistascom.blogspot.com/

http://polissofia.blogspot.com/

http://dererummundi.blogspot.com/

sexta-feira, 20 de março de 2009

Dioxinas?...

Mais um e-mail recebido: ele mostra uma entrevista feita ao médico Edward Fujimoto, abordando as dioxinas geradas pela combinaçao entre o material plástico utilizado nos vasilhames para armazenamento de comidas, com alimentos muito gordurosos.



CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR!!

Para entender mais um pouco...


o que são dioxinas?

A dioxina é uma família de substâncias químicas que contém carbono, hidrogênio e cloro. Existem 75 (setenta e cinco) diferentes formas de dioxinas, sendo a mais tóxica a 2,3,7,8-tetraclorodibenzo-p-dioxina ou TCDD. Esta molécula é mais conhecida comumente como a substância tóxica presente no Agente Laranja. A dioxina não é produzida deliberadamente. Entretanto é um subproduto não intencional de processos industriais em que se utiliza ou queima gás cloro na presença de materiais orgânicos. As fontes de geração de dioxinas são os incineradores de lixo hospitalar e doméstico, além de queimas desregradas, processos industriais que empregam cloro para fabricar produtos de consumo como a resina plástica PVC (polivinil cloreto), agrotóxicos e fábricas de celulose que utilizam cloro para branquear a polpa para o processo de produção de papel branco.

Por que são tão estudadas?


É causadora de uma série de adversidades na saúde, incluindo câncer, deformidades de nascimento, diabetes, agressão ao processo de desenvolvimento e do aprendizado, endometriose e anormalidades no sistema imunológico. É o carcinogênico animal mais potente jamais testado anteriormente.

quarta-feira, 18 de março de 2009

A história das coisas

Esse é um video de 20 minutos que circula pela internet sobre a questão ambiental e, como sempre, a química está presente.

Assista e reflita!




quarta-feira, 11 de março de 2009

Einstein- Equação da vida e da morte (BBC)


Em 1939, na véspera da segunda guerra mundial, Albert Einstein escreveu uma carta ao presidente dos Estados Unidos, Franklin Roosevelt:

Carta de Einstein

Albert Einstein Old Grove Road, Poconic, Long Island

2 de agosto de 1939

F.D. Roosevelt

White House

Washington, D.C.

Senhor Presidente.

Um trabalho recente de E. Fermi e L. Szilard, que me foi enviado em manuscrito, leva-me a supor que o elemento urânio pode vir a ser uma nova e significativa fonte de energia em futuro próximo. Certos aspectos da situação que decorrem parecem exigir cuidado e, se necessário, ação pronta de parte do governo. Daí porque creio ser minha obrigação trazer à atenção do senhor os seguintes fatos e recomendações.

Nos últimos quatro meses tornou-se provável – através do trabalho de Joliot, na França, bem como de Fermi e Szilard, nos EUA – que seja possível desencadear, numa grande massa de urânio, uma reação nuclear em cadeia, que geraria vastas quantidades de energia e grandes porções de novos elementos com propriedades semelhantes às do elemento rádio. Agora, está quase certo que isso se possa fazer no futuro imediato.Neste momento,parece quase certo que tal fato possa ocorrer em futuro imediato

Este novo fenômeno poderia tambem levar à construção de bombas e é de se imaginar – malgrado isso seja bem menos certo – que se possam fabricar, portanto, bombas de extrema potência desse tipo. Uma só dessas bombas, levada em navio e explodida num porto, talvez possa destruir o porto inteiro com partes da zona vizinha. Entretanto, tais bombas talvez sejam muito pesadas para transporte aéreo.

Os Estados Unidos só têm minérios de urânio de qualidade muito baixa e em quantidades reduzidas. Existe minério de boa qualidade no Canadá e na ex-Thecoslováquia, mas a grande fonte de urânio está no Congo Belga.

Dada esta situação, talvez o senhor julgue de bom alvitre que algum contacto permanente se estabeleça entre o governo e o grupo de físicos que trabalha na reação em cadeia nos EUA. Uma forma possivel talvez seja o senhor atribuir essa missão a alguém de sua confiança que poderia, quem sabe, atuar em condição não-oficial. Sua tarefa poderia constar do seguinte:

a) fazer contacto com os ministérios, mantê-los a par de quaisquer novos avanços e recomendar ação governamental, com atenção particularmente voltada para o problema de garantir o suprimento de minério de urânio para os EUA.

b) acelerar as experiências, no momento levadas a efeito sob a limitação dos orçamentos de laboratórios universitários, carreando fundos, se fundos se fizerem necessários, pelo contacto com particulares desejosos de contribuir para esta causa, talvez, inclusive, buscando a colaboração de laboratórios industriais que contem disponham do necessário equipamento.

Entendo que a Alemanha resolveu de fato suspender a venda de urânio das minas tchecas que tomou.

Talvez se compreenda por que haja tomado essa providência inicial pelo fato de o filho do vice-ministro do exterior, von Weizsacker, ser ligado ao Instituto Kaiser Wilhelm, de Berlim, onde está sendo repetido parte do trabalho americano em urânio.

Atenciosamente,

Albert Einstein


A sua carta impulsionou uma cadeia de acontecimentos, que levaram a destruição de Hiroshima e Nagashaki.

Albert Einstein, mais tarde, descreveria a escrita desta carta como o grande erro da sua vida.

Esta é a história de sua mais famosa equação e como E=mc2 mudou a história e Einstein, para sempre.

DOCUMENTÁRIO

Parte 1


Parte 2




Parte 3



Parte 4




Parte 5



Parte 6