terça-feira, 19 de maio de 2009

Descaso com o mestre...

Professor demitido por causa de piada em Niterói

OUÇA A ENTREVISTA PARA A RÁDIO

http://globoradio.globo.com/RadioClick/Player/6/0,,KY1031884-5941,00.html



Há dez anos lecionando Química no colégio São Vicente de Paulo, em Niterói, o professor José Carlos Brasil foi surpreendido quarta-feira com uma notícia que abalou sua vida. Estava demitido. O motivo apresentado pela direção foram "questões éticas". Mas, entre os professores, comentou-se que a razão do desligamento foi o livro de piadas lançado por Brasil em fevereiro, com uma coletânea de piadas e brincadeiras feitas em sala de aula.

- Estava dando aula, por volta das 10h15m, quando o coordenador me tirou da sala. O diretor geral do colégio me disse que eu estava dispensado, atendendo a um pedido da coordenação. Na sala dos professores, disseram que foi por causa do livro de piadas. As brincadeiras ajudam a memorizar a matéria.
Não tem nenhum teor pornográfico nem agressivo, é um livro de humor - conta o professor, que recebeu centenas de mensagens de apoio de alunos no Orkut.

Para Brasil, foi uma decisão arbitrária, porque não houve nenhuma tentativa de diálogo antes da decisão da direção.

Os alunos também publicaram no site de relacionamentos Orkut sua insatisfação com a atitude do colégio.

- Nunca faltei nem cheguei atrasado. Tenho um filho de quatro anos matriculado no colégio. Desde que fui demitido não o levei à escola. Quero evitar mais constrangimentos. Recebo ligações de pais de alunos e de estudantes o dia inteiro desde a demissão. Eu fico envaidecido porque eles gostam do trabalho - diz o professor.

Matéria retirada do site: http://extra.globo.com/geral/casosdecidade/post.asp?t=professor-demitido-por-causa-de-piada-em-niteroi&cod_Post=186738&a=645


Onde já se viu um professor ser retirado de sala pra ser demitido? Isso é um absurdo, que tipo de escola é essa que nao respeita o principal pilar da instituição?

O PROFESSOR!

isso porque ele escreveu um livro com piadas do tipo

Mole, mole não! Mol, mol!!"

"Ocorre a reação, aí... Acabou-se o que era doce e vira sal!"

"Não precisa decorar isso na prova, não. É só deixar de caneta preta mesmo...";

"(...)É o KCl, mas não é a cantora não, pessoal!"

"Ei, pessoal, vocês estão muito dispersos! Vamos aumentar a massa desse soluto ae, pra vocês ficarem mais concentrados..."

"A ordem dos tratores não altera o oleoduto!"

"Por que o urso branco se mistura com a água? Porque é polar!"

"O problema pede pra você descobrir a MM. Mas não é o chocolate não!"

"(Aluno): Professor, cabô a aula!" - "(Brasil): Ah, tá boa a aula, eu sei!";
"(Aluno): Professor, quanto é (a massa) o cálcio?" - "(Brasil): Eu calço 39, mas o cálcio é 40."

(Comentários extraidos da comunidade do orkut

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=2885772

Qualquer patrão tem direito de mandar o funcionário embora, mas retirá-lo de sala é um descaso com a figura de um professor que se dedicou 10 anos para formar jovens.

Tive aula com o Professor Brasil e ele foi uma das pessoas que mais me ajudou.

Não digo em sala de aula porque isso é muito fácil, mas fora de sala apoiando, conversando comigo sobre minha decisão.

Fica um ALERTA!

abraços GRANDE MESTRE

OBS: VEJA TAMBEM

http://migre.me/1haM

7 comentários:

Profª Cristiana Passinato disse...

EXCLUSIVÍSSIMO: Entrevista do Profº Brasil, esclarecendo o ocorrido com respeito a sua demissão e sobre seu livro => http://migre.me/1haM


Profª Cristiana Passinato
Coordenadora do site Pesquisas de Química
http://pesquisasdequimica.com
Veja nossas atividades:
http://tweetfeed.com/crispassinato
cel: 21 9692-9493
msn: crispassinato@terra.com.br
skype: crispassinato
gtalk: crispassinato3@gmail.com

thiagovidal disse...

é dificil falar pq não se sabe o q rola lá na direção do colégio
mas eu acho dificil terem demitido ele apenas pelo livro.. tds já sabiam das piadas dele(q eram sem graça e td mundo zuava) eu acho q ele já tava na porta e esse livro ai foi só uma desculpa pra empurra-lo!
mas legal o blog dar uma força pro cara!

Felipe disse...

Realmente é uma pena, fiquei boquiaberto com o que aconteceu, Não o conheci muito, porém quando precisei tive a honra de poder ser auxiliado pelo Prof. Brasil. Sei de sua capacidade e do carinho com que seus alunos o tratam, pois o Roberto, proprietário desse blog e ex-aluno do Prof Brasil nunca lhe poupou elogios! Eu soube do livro um pouco antes dele ser lançado. E achei ótima a idéia! Como futuro formando em Química, sou de total apoio a causa de de aproximar por meios tratados nesse livro do aluno. Ainda mais para o assunto de Química, que convenhamos é um tanto desgastante! Esse descaso, pra mim, foi um balde de água fria nos planos que eu começo a formar em relação ao tipo de profissional que eu quero ser um dia. E se eu conseguir ser a metade do que o Prof. Brasil é, tenho certeza que irei ser realizado profissionalmente. Grande abraço!

Mateus disse...

Blz, já adicionei ele lá no meu blog, adiciona o meu banner aí também por favor.

Fico muito feliz e grato pelanossa parceria, muito obrigado!

Mateus

http://vestibulandos-cpmg.blogspot.com/

Thiago disse...

Falta de comunicação é com o eles mesmo (minha turma pode dizer isso muito bem! hahaha)! É realmente um absurdo o que foi feito, e eu nem sabia que tinham sido 10 anos de ensino lá. Se foi por falta de ética a demissão, quem vai demitir a coordenação? Esses sim tiveram total falta de ética ao tirarem o professor de sala por motivo tão pífio!

Prof. Brasil disse...

Realmente o que importa é o reconhecimento de alunos, ex-alunos, pais, professores e funcionários.
O carinho que tenho recebido é enorme, embora alguns tentem apagar isso, é impossível notar que tenho o apoio da maioria.
Apenas as pessoas que se escondem concordam com os fatos. Hipocrisia é fogo e falar escondido é fácil.
Mas o que vale é o respeito e o carinho que plantei e que tenho colhido.
Obrigado, Prof. Brasil

Prof. Brasil disse...

Obrigado em especial para o Roberto, que fez o blog, os desenhos do livro e participou de todas as etapas.
Vc é uma pessoa especial e que tenho muito carinho.
Prof. Brasil