quarta-feira, 29 de abril de 2009

COCA ZERO PROIBIDA nos Estados Unidos...



Esse e-mail foi mandado pelo meu amigo Thiago Maciel

E-MAIL


Recebemos esta mensagem do Dr. Edgardo Derman, médico em San Juan , Argentina, a respeito de sua pesquisa sobre o refrigerante Coca-Cola Zero.

Para não incorrermos em divulgar notícia infundada, pesquisamos o site do Federal Drugs Administration, o mais respeitado órgão de controle de drogas e alimentos daquele país, cujas publicações merecem o crédito de toda a comunidade científica internacional.

Como se trata de saúde do consumidor, traduzimos a mensagem que vai publicada na íntegra como nos chegou:

"Faço minha contribuição a este interessantissimo artigo: Na década de setenta apareceu uma bebida que foi muito popular em seu momento. A casualidade é que a mesma era produzida também pela Coca Cola e se chamava TAB, obtendo grande êxito já que era dietética.
Nesta época, meu irmão, um engenheiro químico, estava fazendo uma Pós-Graduação na Espanha em Produtos Alimentícios e nos chamou atenção para não consumirmos esta bebida pois a mesma continha "Ciclamato", um agente químico que reconhecidamente fazia mal à saúde.

DESDE ESSA ÉPOCA SE SABE QUE NÃO SE PODE USAR O CICLAMATO PARA CONSUMO HUMANO.

O Ciclamato, a pesar dos alertas, continuou a ser usado em muitos produtos dietéticos, notadamente nos países em desenvolvimento ou não desenvolvimos.
Quando forem a um supermercado ou mercearia basta conferir os ingredientes para ver se apresenta esta nociva substância nas composições destes produtos.

Agora prestem atenção:

Porque a Coca-Cola Zero, que contém Ciclamato, foi proibida nos Estados Unidos?
Conheça as razões deste porquê. E mais uma questão: O que se passa na América Latina, onde este produto ainda não foi retirado do mercado?

Fiquem de olho nesta bebida, afinal, o que você sabe da Coca-Cola Zero?

Depois de uma massiva propaganda do novo produto Coca-Cola Zero, começaram a aparecer na comunidade científica, artigos médicos sobre os malefícios do Ciclamato. De outra forma, os consumidores começaram a questionar porque a Coca-Cola lançava um produto que viria concorrer com outro produto seu da mesma linhagem, a Coca-Cola Light. Afinal, asa duas não prometiam a inexistência de açúcar em suas composições? Se ambas não contém açúcar, o que as diferenciava?

As respostas para estas questões estão a mostra num atento exame dos componentes de tais refrigerantes:


A Coca Cola

LIGHT possui: Acesulfame K (16mg/%) y Aspartame (24mg/%), num total de 40mg/100ml de bebida, de edulcorantes.

Já a Coca Cola ZERO tem em sua formulação Ciclamato de Sódio (27mg%), Acesulfame K (15mg%) e Aspartame (12 mg%), tornando-a mais doce que a outra - um total 54mg/100ml de bebida).

Tendo em conta que o edulcorante «Ciclamato de Sodio» está terminantemente proibido pelo F.D.A (Federal Drugs Administration) - (Organismo máximo de controle de alimentos e drogas dos EEUU da América) por comprovados efeitos na gênese de tumores cancerígenos, e mais, que o Ciclamato é muito mais barato que o Aspartame (a razão de 10 dólares por quilo do Ciclamato contra 152 dólares/Kg do Aspartame, vem a pergunta: Que Coca-Cola você passará a tomar?

Nota da Redação: Parece fácil a resposta, ainda mais considerando-se que o Ciclamato de Sódio é cancerígeno, não? Entretanto, o que se vê é um contínuo incremento no consumo da Coca Zero em contraste a um decréscimo no consumo da Light. Especialmente nos países em que a Coca Zero não foi ainda tirada do mercado. O que faz isto? A massificação da propaganda da Coca Zero, contra praticamente nenhuma da Coca Light. Assim, somos induzido a a ingerir um produto que, proibido em outros centros por conter um agente cancerígeno, ainda está a disposição em nossos mercados.

ANEXOS

Como é meu costume investigar pela Internet - não creio em verdades absolutas - entrei no site do FDA e... SURPRESA!!!
Lá, encontrei uma lista de aditivos e alimentos considerados seguros para a saúde humana, chamada, Generally Recognized as Safe (GRAS).

Pois bem! Efetivamente o Ciclamato de Sódio aparece nesta lista com uma observação em inglês:
Sodium cyclamate - NNS , ILL - Removed from GRAS - list 10-21-69 - 189.

Ou seja, o Ciclamato de Sódio foi retirado da lista de aditivos e alimentos seguros.

Confira em http://www.cfsan.fda.gov/~dms/opa-appa.html

Continuei minha busca e encontrei através do site do FDA um "link" para uma outra lista com a sigla EAFUS (Everything Added to Food in the United States). Traduzindo: Todos os Aditivos de alimentos nos Estados Unidos.

Lá, está claramente a proibição ao Ciclamato de Sódio:
SODIUM CYCLAMATE-PROHIBITED.

Quer a fonte? Consulte: http://www.cfsan.fda.gov/~dms/eafus.html

Finalmente, deparei-me com outra lista de substâncias proibidas em alimentos para consumo humano. E lá estava:

PART 189--SUBSTANCES PROHIBITED FROM USE IN HUMAN FOOD.

189.135 Cyclamate and its derivatives.

Fonte: http://www.access.gpo.gov/nara/cfr/waisidx_03/21cfr189_03.html

Alguma dúvida? Bem, foi esta a mensagem que me chegou por e-mail.

Agora meus comentários:

A Pessoa que me enviou a mensagem perguntava-me: porque a Coca-Cola Zero é vendida nos Estados Unidos se a FDA proibiu o uso de Ciclamato de Sódio para consumo humano?

A resposta é simples;

A COCA COLA ZERO vendida nos Estados Unidos, no Canadá, no Reino Unido e na mayoría dos países europeus NÃO CONTÉM Ciclamato de Sódio.

Isto só acontece nos países pobres ou subdesenvolvidos como os da Europa Oriental e América Latina.

Quando no ano passado se tirou do mercado a Coca-Cola Zero no México criou-se uma grande polêmica porque ela continha Ciclamato e tiveram que trocá-la.

A Coca Cola nunca aceitou dizer que ela havia sido tirada do mercado por causa do Ciclamato. Ao invés disto disse que a mesma foi retirada do mercado para "melhorar seu sabor".
É frustrante e indigno o que estes países fazem com os países do dito 3º. Mundo.
Não lhes interessa a saúde do consumidor (que em sua ignorância crêem estar usando produtos dietétios seguros). Interessa-lhes, apenas, o lucro, o dinheiro.

Por incrível que pareça, em minhas investigações a COCA COLA ZERO que se vende na Espanha também possui esta coisa, o Ciclamato. Porém, está cada vez mais rara sua venda. A que vendem na Alemanha também contém esta droga.

POR FAVOR CONTRIBUYAMOS CON UNA CAUSA JUSTA, REENVÍA ESTE MENSAJE A TODO EL QUE PUEDAS PARA QUE SE SEPA QUÉ CLASE DE VENENO SE ESTÁ VENDIENDO EN CADA UNA DE LAS TIENDAS DEL PAIS"

Dr. Edgardo Derman MAAC
LU3PCJ - San Juan - ARGENTINA

21 comentários:

pama disse...

bom dia! sobre a proibição da cocacola zero nos USA, quero dizer que isso é pura fofoca. As pessoas que tem certo problema de saúde não devem tomar qualquer produto que contenha o ciclamato, e vale dizer que não é só a cocacola que usa esse produto mas todos outros refrigerantes zero. Ma daí dizer que a Coca Zero está proibidade nos USA é pura inverdade. Se alguém quiser confirmar é só fazer uma viagem até Miami. A CocaCola como empresa, já está na cola dessa propaganda. Cuidado....

roberto dalmo disse...

Gostaria de deixar bem claro que o blog Educação Química possui uma subdivisão chamada " E-mails e reportagens", e que nessa área apenas é divulgada, as vezes com criticas pessoais, matérias de jornais e e-mails que sao enviados a mim. Dessa forma o interesse do blog é mostrar que possui um material que corre por emails que está no contexto químico, ou seja, a quimica sendo vista além da sala de aula.

O blog Educação Química não propõe verdades nem impõe opiniões aos leitores. E nesse caso da coca cola eu apenas mostrei o email enviado e nao fiz nenhum comentário a respeito. Quem ler que vá pesquisar mais a respeito, porque ficou curioso com o fato. Esse é um dos modos do processo de aprendizagem.

Abraços e obrigado pelo comentário, fico satisfeito que o blog Educação Química está sendo lido por diversas pessoas.

J.C... disse...

Roberto, tenho um trabalho para apresentar na terça-feira, passei o tempo todo procurando algum video sobre energia nuclear só que todos sempre estavam em inglês.
Gostei do que você postou (http://quimicaeducacao.blogspot.com/2008/11/blog-post.html) dos simpsonns, porém não tem como baixar....
Poderia mandar o arquivo pra mim?
Meu e-mail é josecarlos-rj@hotmail.com

Desde já agradeço.
Parabéns pelo trabalho.

Ricardo disse...

Isso é verdade. Estou morando em Angola e aqui antes vendia com Ciclamato e agora nao esta mais vendendo! Qdo estava no Brasil eu vi que estava vendendo com Ciclamato de Sodio.. porem agora nao estou no BR para ver se ainda esta vendendo... mas eh certo... Ciclamato de Sodio é proibido... e se no Brasil ainda estao vendendo... temos que pressionar estas ONGs de saude para investirem nesta causa! Abraçao!

GATO FACEIRO disse...

E pode gerar malformação no feto a ingestão do ciclamato segundo os livros de obstetrícia....não é seguro o seu uso na gestação

samuel disse...

AFF xD, essa de dizer q ciclamato de sódio é proibido é demais... é claro que NÃO!! o ciclamato de sódio é um adoçante artificial muito comum, tem até no adoçante zero-cal leiam o rótulo =) e é por isso q a coca zero tem um sabor mais doce q a coca normal, se vcs perceberem xD e mais: a coca zero foi criada por um Brasileiro! foi Raimundo Alves da Silva, um químico cearense =D por isso acho q essa proibição poderia ter um pouco de preconceito por trás... vlw

Dorian disse...

Bem colocado pela pama.

Irresponsável a forma de vcs divulgarem essa matéria.

Motivo pra lá suficiente para nunca mais lermos nada nesse blog.

roberto dalmo disse...

Cara Dorian, vou poupar o meu trabalho de dar um ctrl c ctrl v no segundo comentário, que é meu por sinal. Então digo de forma grosseira que não tenho interesse que pessoas que por algum motivo são agressivas, porque primeiramente nao entendem a proposta, ou tem preguiça de ler a proposta. Se você nao sabe, o blog é gratuito, e eu não ganho um centavo nem com divulgação, entao como liberdade de expressão existe e você tem direito de vir aqui falar o que quer, sem ler o que eu escrevi antes...digo que no mínimo você foi ignorante em seu comentário. Leia a segunda postagem, talvez você nao perdesse tempo lendo essa, ok?

Dorian disse...

Para sua informação eu já havia lido o seu segundo comentário.

O nome do blog é EDUCAÇÃO QUÍMICA, e não "curiosidades químicas", "fofocas químicas" por exemplo; então o mínimo que se espera é um comentário educativo em relação a matéria. Fundamentado de forma responsável.

Confesso que houve dureza no comentário, mas se vc achou meu comentário grosseiro, consegue então entender a indignação que tive ao ler a matéria da forma que foi apresentada no site.

Desculpe, mas eu nunca vi blog pago, e mesmo se fosse pago esse fato não justifica em nada sua atitude.

Se vc não quer grosseria da parte dos outros, sugiro um pouco de humildade e responsabilidade da sua parte. Se eu tivesse escrito isse e viessem comentários como o meu ou da pama, na mesma hora procuraria formas de corrigir meu erro e não faria o contrário, ficando toda incomodada tentando justificar minhas falhas.

Que Deus ilumine suas idéias!

roberto dalmo disse...

Se isso foi uma falha nao teria mais 9 postagens de emails. O email da pama foi excelente, com certeza tenho orgulho deles e de muitos outros que nao acreditam em tudo que está escrito. Mas se você nao entendeu a proposta, eu faço o convite que ja com certeza ja está aceito, que é nao voltar ao blog. Pra sua informação nao existe blog pago, mas pessoas ganham dinheiro com anuncio. Como você é super inteligente na matéria de Educação eu gostaria de propor o tema " Criticas construtivas são aceitas" que tal? Sim, se você acha que foi dura na forma que escreveu, com certeza ja está perdoada, e se você falasse de outra forma talvez até conseguisse que eu escrevesse algo diferente pra você. No Educação química todo comentário é bem vindo, desde que seja educado. E olha que nao precisa ser letrado pra ser educado, ne?

E quanto a proposta, você tem todo direito de não aceitar.
1- Jesus veio a terra e o crucificaram, entao seria mta pretençao querer que todos gostassem do meu trabalho

2- Para aquele que gostam, saibam que faço e continuarei fazendo com maior carinho

3- Se forem um pouco mais educados do que a postagem acima serão muito bem aceito.

Afinal a construçao do conhecimento vem a partir da discussão, desde que ela seja saudável e educada.

Dorian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dorian disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dorian disse...

Tô vendo que vc leva mesmo a sério esse negócio de ser "educado".

Pra mim, no meu entender, vc está mais preocupado com sua reputação de SER EDUCADO do que com ser RESPONSÁVEL.

Penso aqui comigo que não entendi mesmo a proposta pois entendi o termo "Educação" (no sentido de ser educado) de forma controversa. Talvez porque o nome do blog me induziu a isso; se o nome do blog fosse:
"Boas maneiras e Química", ou quem sabe:
"Bons modos e Química" eu não teria confundido
Educação (no sentido de ensinar),
com Educação (no sentido de boas maneiras)
e não teria ficado tão indignado com a irresponsabilidade de se divulgar esse e-mail da maneira como foi feita.

Veja bem, o que vc fez foi ajudar a difundir esse e-mail controverso, essa pulha virtual. Isso é irresponsabilidade.

Na qualidade de educador químico era de se esperar um maior esclarecimento da sua parte, uma orientação, uma confrontação dos fatos apresentados com fatos do mundo da Química. Isso não foi feito, no lugar houve uma abstenção.
Isso é irresponsabilidade ao quadrado e desculpe, mas não encontro forma educada de se dizer isso.

Se seu trabalho fosse pautado em cima de fundamentos, em cima de esclarecimentos e não simplesmente em cima da divulgação irresponsável de um e-mail controverso, seu trabalho seria aplaudido de pé e vc não precisaria ficar se comparando a Jesus Cristo nem se justificando o tempo todo ou até mesmo colocando o valor educação (=ser educado, polido) em pauta como tentativa de mudar o foco do assunto.

Para se adquirir conhecimento é preciso sim ser responsável (fundamenta o que passa e aprende, age com ética e apresenta valores), HUMILDE (reconhcendo que não sabemos tudo e quanto mais sabemos menos nos damos conta que nada sabemos), pensamento ativo (que é não ser passivo - ou seja, que lê a informação e passa pra frente ou posta num blog sem discutir, sem questionar - mas que questiona, compara, pensa a respeito, confronta com a realidade, com o bom senso).

Pois o que adianta discussão saudável e educada se se discute com alguém que não tem humildade? Que está mais preocupado com seu desempenho do que com assumir o erro e procurar formas de corrigí-lo?
O que adianta ser educado se não se é franco?
Mostre sua força, mostre que vc é capaz de receber críticas e lidar com elas. Por fim entenda que não sou nem melhor nem pior do que vc e se converso com vc nesse tom é porque espero o melhor de vc.

roberto dalmo disse...

Pra terminar com esse assunto.

"Preocupe-se mais com a sua consciência do que com sua reputação. Porqe sua consciência é o que você é,e a sua reputação é o que os outros pensam de você. E o que os outros pensam, é problema deles." Bob Marley


Se você acha mesmo que é irresponsabilidade da minha parte, faça assim... Não volte e fale mal do blog ok ?

Talvez uma das pessoas que você vá fazer essa crítica tenha outra visão e consiga te convençer. Se não acontecer isso, vao ser duas pessoas falando mal.

É, o termo "educação" não está junto com a sua educação, foi uma ironia =D, e você entendeu e me respondeu com outra bem engraçadinha por sinal. O que diz que não aprendeu nada. Quando você tiver algo construtivo e de uma forma saudável está convidada a não falar. Ja que tem muita gente boa que consegue ditar o caminho das postagens sem fazer essa graça toda. Olha seus colegas, acima... Olha as outras postagens... Não está junto o nome "Boas Maneiras Químicas", mas boas maneiras está junto ao fato de você ser uma pessoa que vive em sociedade, ok ?

Entao aprenda a viver em sociedade, aprenda a fazer uma critica, e essa critica será muito bem aceita como várias outras que eu ja recebi.

Tanto não ligo pra críticas que esse blog não tem comentários bloqueados para aprovaçao depois que o dono ler, como quase todos que conheço. E vai continuar assim. Desculpa se não agradei, mas quem sabe se as outras postagens são melhores, afinal você me julga por uma.

Mas realmente eu gostei do finalzinho do seu email, sobre as qualidades de um educador e tudo mais... por isso veja as outras postagens e for tudo ruim. Fala mal 9 vezes.

abraços

Dani disse...

Roberto vc teria alguma pesquisa se produtos light fazem mal na gravidez?
Obrigada
Daniela

Roberto Dalmo disse...

Cara dani, infelizmente não tenho nenhuma pesquisa do tipo.
agradeço a visita ao blog e continue lendo!

abraços Roberto Dalmo

.Eduh. disse...

ISSO É SPAM!!!!!!
Taí o site oficial da Coca-Cola Zero nos USA: http://www.cocacolazero.com/index.jsp
Note que é a patrocinadora oficial da primeira divisão do basquete universitário dos USA.

Aqui a versão do spam, em espanhol: http://digg.com/d1Axub

Pesquisar não faz mal pra ninguém, é mt mais fácil que acreditar em td que dizem e definitivamente menos cansativo que ler td isso aí em cima.

Pra relaxar um pouco, um joguinho da Coca Zero: http://www.cokezerogame.com/

Ah sim, não sou nenhum fanático por refrigerantes, prefiro sempre um bom suco natural, mas sair dando "alertas" falsos (igual àquele de morrer pq tomou Coca com Menthos) é fróid...

Roberto Dalmo disse...

Parabéns meu caro! como disse antes, quando coloco um e-mail que rola na net não quero que ninguem acredite, mas pesquise!

abraço!

Denis Diniz disse...

Calma gente o que é proibido nos Estados Unidos não é a coca zero, mas sim o Ciclamato de Sódio que esta em sua composição nos paises em desenvolvimento e não desenvolvidos. Nos Estados Unidos a coca zero só leva aspartame.

Fáima disse...

É de meu interesse estar a par de qualquer descoberta realizada por pesquizas confiaveis, por conviver com doença de dificil tratamento. Fiquei felíz por saber o risco que me traz a coca zero e gostaria de estar conhecendo mais pesquizas se for posssível. Fátima

Rafael Roni disse...

As pessoas só leem uma pequena parte da matéria e saem dizendo besteiras, assim como a tal da pama (o primeiro comentário). Ela não leu a matéria inteira. A coca cola zero foi proibida a venda quando contenha o Ciclamato, caso não haja tal ingrediente, a venda é permitida.
Eu, durante um tempo, tomei somente coca zero até o dia que vi tal comentário a respeito, fui pesquisar, tanto em sites nacionais quanto estrangeiros e realmente confere tal informação, então resolvi verificar no rótulo da coca zero e lá estava o CICLAMATO. Simplesmente parei de comprar e tomar.
Ao invés de postar que tal conteúdo é mentira, procure fazer uma boa INTERPRETAÇÃO DE TEXTO e só depois comentar.
"Melhor ficar de boca fechada e deixarem que os outros pensem que você é burro, ao invés de abrir a boca e confirmar sua burrice"...