segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Curiosidades da química...


Quando decidi iniciar esse blog procurei alguns livros interessantes sobre química no cotidiano, curiosidades e outras indagações científicas.
Um livro chamado “As vacas descem escadas?”, é sobre algumas perguntas curiosas do meio científico. O autor do livro é Paul Heiney. Não considerei um livro maravilhoso que me fez deixar de fazer tudo para ler, mas é um livro que apresenta uma gama de respostas de perguntas das mais diversas áreas.
Portanto irei citar duas que falam da química.

Por que não é possível derreter madeira?


O líquido é uma coleção de moléculas moveis – em outras palavras, suas moléculas se movem com facilidade. A madeira é feita de pedaços de celulose, que consiste em cadeias de polímeros muito longas. Pois bem, longas cadeias de qualquer coisa não podem se mover com facilidade. Além disso, há conexões de hidrogênio entre os grupos hidroxílicos dos polímeros que mantêm tudo unido. Assim sendo, teríamos que utilizar tanta energia para romper essas ligações que, antes de derreter, a madeira iria se decompor e não seria mais madeira.

O que produz etileno? É a casca da banana em si? E por que a fruta muda do verde para o amarelo brilhante?


O etileno – também chamado de etano – é um hormônio que faz a fruta amadurecer e está presente na fruta inteira, não só na casca. Ele é produzido em cada uma das células da banana em que os lipídeos da membrana são oxidados para produzir ácidos graxos insaturados.
Quando à mudança de cor: quando o etileno é produzido provoca o rompimento das fibras da fruta, tornando-a macia. Ele também causa a quebra do amido para produzir açúcares, tornando a fruta doce, assim como promove a quebra da clorofila, fazendo a cor verde desaparecer. Os pigmentos que fazem a banana madura ser amarela também estão presentes na fruta verde, só que escondidos pela clorofila até que a quebra comece a acontecer.

2 comentários:

Jessica disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
MarinaRamada disse...

Olá,
Gostei muito do conteúdo, já que me ajudou bastante.
Só é necessário fazer uma correção: o etileno também é conhecido como "etEno", e não como etAno.
;)